<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15932754\x26blogName\x3db-site\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://thebsite.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://thebsite.blogspot.com/\x26vt\x3d-4232449209465221699', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, novembro 21, 2006

CSKA nevasse

Deixemo-nos de tretas, o frio faz bem. Há muito tempo que o Porto, num jogo europeu, não jogava tão afinado como hoje, em Moscovo, onde o inverno não é brincadeira. Durante os noventa minutos e pico que durou a festa, os rapazes tomaram quase sempre a opção certa (guardar a bola ou soltar rapidamente o ataque ou dar uma voltinha à espera que alguém apareça com espaço e vontade para imaginar a etapa seguinte); tudo isso feito com rapidez e - exagerando um pouco - uma classe só ao alcance das equipas a sério (exagerei muito, afinal). Tive até a sensação de estar a telecomandar os jogadores e que a Rússia ficava ali, no fundo do meu televisor (bom, não era meu mas faz de conta, serve melhor esta imagem que assim, de repente, me parece feliz).
Foi uma daquelas partidas de futebol em que ver é quase como jogar.