<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15932754\x26blogName\x3db-site\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://thebsite.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://thebsite.blogspot.com/\x26vt\x3d-4232449209465221699', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Hoje

Boa noite, Mood Swing. Good evening, Mood Swing. Bon soir, Mood Swing. As minhas doze palavras preferidas são / My twelve favourite words are / Mes douze mots préférés sont:

«Cimbalino»: um ponto; cimbalaine: one point; sambalêne: un point.
(apesar de eu ser do Porto, nunca a utilizei mas gosto de saber que a palavra existe - durmo melhor - e ainda mais da sua forma esdrúxula: cimbálino)

«Terraço»: dois pontos, terreice: two points, terrésse: deux points.
(quando a uso é como se tivesse um)

«Agadir»: três pontos, Eitchedier: three points; Agádirre: trois points.
(na verdade, qualquer nome de cidade marroquina: Casablanca, Tânger, Marraquexe)

«Dióspiro»: quatro pontos; godspére: four points; dihurghspirre: quatre points.
(é um fruto que eu respeito)

«Buganvília»: cinco pontos; booganvili: five points; biugânville: cinque points.
(a planta com mais jazz de todo o Portugal, a trepadeira que engoliu Bogart em chá de tília)

«Revólver»: seis pontos; rivolver: six points; rêvolvê: six points.
(é uma pistola bem vestida e tem aquele «ó» dramático que me agrada)

«Piscina»: sete pontos; paicine: seven points; piiiciiine: sept points.
(uma palavra com cloro e moças em biquini)

«Trompete»: oito pontos; terompete: eight points; trrompete: huit points.
(é magnífica, tem tudo para fazer uma grande carreira)

«Jaburu»: nove pontos; Jeiburu: nine points; Jabiurru: neuf points.
(nome da personagem principal das histórias que o meu pai contava quando eu e a minha irmã tínhamos palmo e meio; ave ciconiforme da família Ciconiidae)

«Coisa»: dez pontos; cóise: ten points; queuse: dix points.
(a chave universal da nossa língua)

«Uzbequistão»: onze pontos; who's the bequistão?: eleven points; iuzebequiston: onze points.
(ah, aquela primeira sílaba é uma faísca; «faísca» também não é uma palavra má)

«Lerpar»: doze pontos; tu lérp: twelve points; lerpê: douze points
(grande verbo; como já disse, mas não me importo de repetir, bem melhor do que soçobrar e claudicar)



Pedro, Azia e Plim: não sei se gostariam de dar umas moedas para este peditório.