<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15932754\x26blogName\x3db-site\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://thebsite.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://thebsite.blogspot.com/\x26vt\x3d-4232449209465221699', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quarta-feira, setembro 24, 2008

Arsenal nuclear

Este vídeo é uma pequena maravilha. Primeiro, aparece um grande plano do Ian Wright em que é perfeitamente perceptível que ele diz, em estrangeiro, «estou muito chateado contigo», «sai daqui, por favor». Depois, o mesmo Ian Wright, repete isso tudo sem palavras, só movendo a anca e trocando os pés junto à linha lateral. Por fim, podemos contemplar o Bergkamp a movimentar-se na área, como se não tivesse peso, para executar a melhor assistência de sempre, um misto de displicência e precisão. Chamo a vossa atenção para o facto de que este golo é calmamente elaborado a 2 minutos do fim do jogo, ou seja, em desespero.



Viva o Porto!